Coriandrum sativum

Coentro no Jardim

Coriandrum sativum. Umbelíferas

 

Há mais de três milénios que o coentro é cultivado devido às suas aromáticas folhas, raízes e sementes todas elas encontradas nos túmulos dos faraós. Mencionado na Bíblia, é uma das ervas amargas tradicionalmente comidas na Páscoa judaica.

Coriandrum sativum

Coriandrum sativum

Outros nomes comuns: coendros, coriandros, ceandro

Partes usadas: folhas, sementes, raízes

O coentro parece-se com a salsa-de-folha-lisa, apesar de ter uma textura mais macia. Forma umbelas de folhas com caules finos e compridos que partem de uma coroa. As pequenas folhas são finamente recortadas, semelhantes às do feto. O seu intenso aroma é distinto do das sementes redondas castanho-claras e do das umbelas de flores branco-rosadas.

 

Variedades:

A ‘Spice’ é popular pelas suas sementes, enquanto a ‘Santo’ apresenta floração precoce e desenvolve densa folhagem verde-escura. O coentro-do-vietname ou rau ram (Polygonum odoratum) é uma planta vivaz usada em áreas tropicais. As folhas do coentro-do-méxico, ou culantro (Eryngium foetidum), são fortemente aromáticas.

Portal Dourado

Onde cultivar:

Boa circulação de ar, local soalheiro e fertilização adequada reduzirão ao mínimo os riscos de qualquer doença.

 

Propagação:

Semeie esta planta anual directamente no jardim, na Primavera, após a última geada. Ajude à

Eryngium foetidum

Eryngium foetidum

germinação esfregando a semente, de modo a separá­-la em duas metades, e demolhe-as durante 48 horas.

 

Cuidados:

Monde as plantas regularmente. Em variedades usadas pelas suas folhas, proteja as plantas do stresse hídrico. Aplique adubo líquido à base de algas para promover o crescimento de folhas em detrimento da floração.

 

Pragas e doenças:

As plantas tardias podem ser mais susceptíveis ao míldio e a manchas foliares causadas por fungos.

 

Colheita e conservação:

Apanhe as sementes das plantas quando metade delas estiverem acastanhadas. Ate os caules em molhos e pendure-os, virados para baixo, dentro de sacos de papel, para recolher as sementes que caem. Depois de a planta ter atingido o seu máximo crescimento, pode colher as folhas em qualquer altura.

 

Fonte: O GRANDE LIVRO DAS PLANTAS editora Selecções