Como definir objectivos?

 

A ideia de estabilidade

 

Fomos ensinados a procurar a estabilidade, sem tão pouco nos questionarmos se isso é verdadeiramente benéfico para nós. Se observarmos à nossa volta, tudo que pára de crescer começa a morrer. Um negócio quando pára de crescer começa no seu percurso de falência. Uma árvore quando pára de crescer começa o seu percurso de morte, a maré quando pára de subir, começa a descer. Nada na natureza está em estabilidade – a única verdade é a mudança, o crescimento.

Venderam-nos a ideia da estabilidade, e vimos pessoas levarem uma vida sem sentido, trabalhando muito para arrecadar uns tostões para a reforma, pensando que ai vão ter descanso, vão viajar, vão ter a casa dos seus sonhos, etc. Mas na realidade o que acontece? Será que é isso que acontece? Não, a partir do momento em que param aparece a doença. Porquê? Porque estagnou, estabilizou, e vida é crescimento.

Então já sabemos que vida é crescimento. E o que devemos fazer para eliminar a ideia de estabilidade e estar num constante crescimento? Definindo objectivos.

 

O que são objectivos?

Objectivos são metas definidas, a curto, médio e longo prazo, que nos clareiam sobre o que queremos atingir numa determinada área da nossa vida.

Os objectivos são o motivo que nos impulsiona, evitando que se caia em estabilidade, ou seja, em auto-destruição.

 

Como definir objectivos?

1º tem que saber o que quer, e saber com clareza (pensar, imaginar, sentir). Nunca vai acontecer se não souber com clareza o que quer.

2º tem que definir como objectivo algo que realmente quer, e não algo que é suposto, ou que os outros querem. Nunca vai acontecer se não quiser realmente que aconteça.

3º os seus objectivos têm a ver com a sua concretização e não com a concretização de outras pessoas – não pode estabelecer como objectivo que o outro atinja as suas metas…

4º definir um objectivo não significa ficar retido nele. Pode mudá-lo quantas vezes quiser e sempre que sentir que isso é necessário.

5º estabelecer objectivos não significa que tem de os perseguir através de esforço, de disputa, de luta.

6º estabelecer objectivos não significa que deve tornar-se emocionalmente dependente de os conseguir. Pelo contrário, estes vão ajudá-lo a evoluir na vida mais facilmente, sem esforço e de uma maneira agradável. A natureza da vida é a mudança e a criatividade e os seus objectivos dão-lhe um centro de interesses e uma direcção clara, nos quais se abrem canais para a sua natural energia criativa, ajudando-o a irradiar mais facilmente e a contribuir para o progresso do mundo, o que aumenta o seu sentimento de bem-estar e satisfação na vida.

7º não faça da escolha dos seus objectivos uma tarefa muito complicada nem demasiado séria. Comece por coisas simples, evidentes e lembre-se de que os seus objectivos podem ser sempre modificados ou evoluir ao longo do tempo.

8º tudo começa com uma vontade interior e uma decisão de querer atingir os seus objectivos. De nada vale definir objectivos com a intenção de não os concretizar, ou com o sentimento de que não é capaz, não vai conseguir… para isso defina primeiramente metas que sente que são possíveis atingir.

9º os seus objectivos devem proporcionar-lhe bem-estar e elevação, devem alargar a sua consciência, dar-lhe prazer, desafiá-lo.

Do Workshop: COMO DEFINIR OBJECTIVOS

Elisabete Milheiro

Faça DOWNLOAD dos exercícios do workshop que explicam como definir objectivos clicando em: Estabelecer objectivos

Este workshop foi inspirado no livro VISUALIZAÇÃO CRIATIVA de Shakti Gawain 

Faça download dos exercícios do Workshop, imprima, faça os exercícios, e seja o criador da sua realidade!

Obrigado pela Oportunidade de melhorar o Mundo!