Hortelã

 

Hortelã na Cozinha

 

hortelã-verde

Hortelã-verde

As hortelãs verdadeiras apresentam uma surpreendente gama de sabores e aromas. Além das que nos são familiares, existem muitas outras variedades de fazer crescer água na boca, com aroma de maçã, chocolate, lima, toranja, limão e até gengibre.

Outros nomes comuns: hortelã-verde, hortelã-comum (Mentha spicata); hortelã-apimentada, hortelã-de-água-de-cheiro, hortelã-de-água-de-colónia, hortelã-das-damas (Mentha x piperita).

Parte usada: folhas

 

hortelã-vietnamita

Hortelã-vietnamita

Apesar de agradável, o sabor da hortelã fresca pode sobrepor-se a outros mais suaves, pelo que é aconselhável a parcimónia. Apreciada no Mediterrâneo Oriental e nos países árabes, a hortelã tem um sabor menos agressivo quando seca.

Geralmente, a hortelã não combina bem com outras plantas aromáticas, à excepção da salsa, tomilho, manjerona, salva, orégãos e coentros. Tem lugar de honra na nossa indispensável canja de galinha. Vai bem com iogurte e é usada na cozinha vietnamita e em alguns pratos indianos.

O sabor a coentros e a limão da hortelã-vietnamita refresca as saladas. A hortelã-verde também é muito usada na culinária, sobretudo com borrego e ervilhas.

hortelã-pimenta

Hortelã-pimenta

 

A hortelã-pimenta tem sabor e aroma muito fortes, sendo a base de um agradável chá digestivo. O óleo é usado em gelados, confeitaria e licores.

 

 

 

 

Fonte: O GRANDE LIVRO DAS PLANTAS editora Selecções