Salva na medicina natural

Salva na Medicina Natural

Salvia officinalis

Salvia officinalis 'Icterina'

Salvia officinalis ‘Icterina’

Parte usada: folhas.

A salva é um remédio anti-inflamatório e microbicida, sendo também usada com frequência como elixir bocal e para gargarejos contra irritações da garganta, gengivite, amigdalite e aftas. Parece reduzir a sudação excessiva e é popular no tratamento de suores nocturnos associados à menopausa. A salva também tem efeito benéfico sobre a mente, melhorando a memória, a concentração e o humor. Resultados de um teste clínico recente sugerem que pode ter um efeito positivo sobre os sintomas da doença de Alzheimer.

Portal dourado

Salvia miltiorrhiza

dan shen

dan shen

Parte usada: raízes.

Na medicina chinesa tradicional, a dan shen é descrita como um remédio que faz «mexer o sangue». A pesquisa moderna tem dado atenção aos seus efeitos benéficos sobre o sistema circulatório e o coração. Os resultados de alguns testes clínicos indicam o seu uso potencial no tratamento da angina de peito e da hipertensão arterial. Estudos laboratoriais demonstraram efeitos hepatoprotectores e podem explicar o uso tradicional da dan shen em tratamentos de quadros agudos e crónicos do fígado.

Para o uso seguro e correcto da salva; para o da dan shen, consulte um profissional de saúde. Durante a gravidez e a amamentação, não use a dan shen; quanto à salva, não a utilize em doses superiores às da culinária.

Fonte: O GRANDE LIVRO DAS PLANTAS editora Selecções