loader image

Admitir a Derrota


Sinto que a minha vida chegou novamente ao desgoverno total, em todas as áreas da minha vida… tentei de todas as formas possíveis e imaginárias controlar o que já estava descontrolado, manter uma aparência, uma imagem que tinha conseguido criar em tempos que seguia as sugestões e consegui levantar-me e criar grandes coisas – ultrapassei medos que me tolhiam, levantei-me do fundo das trevas, e sentia-me realmente uma pessoa nova, com novos objetivos, novas perspetivas e uma vida nova.


Mas algures pelo caminho perdi-me… comecei a tentar fazer as coisas á minha maneira, deixei de seguir sugestões, comecei a questionar, a julgar as sugestões e deixei que a parte “racional” tomasse conta de mim… Já não era eu, mas sim, governada por uma mente irracional, ás voltas, como um cão que tenta apanhar o seu próprio rabo…
Agora, tentando ainda assumir e aceitar a derrota, ainda sinto muita resistência em partilhar o que sinto, com medo de ser julgada e mais medo ainda de não ser aceite e que não gostem de mim. Ainda assim, decido agora seguir as sugestões, rumo a uma nova vida.
Inicio assim as minhas partilhas sobre como me sinto no momento, pois só assim me poderei libertar dando lugar a algo novo.

Obrigado pela oportunidade.


Elisabete Milheiro